VOLTAR PARA AS NOTÍCIAS
04 DEZ 18

Prestigie a Cantata de Natal do Hospital e Maternidade Jaraguá

Todo o encanto do Natal vai tomar conta do Hospital e Maternidade Jaraguá, na próxima quarta-feira, dia 5. A partir das 19h, a Orquestra Instituto Federal de Santa Catarina e o Coral Fundação Cultural Alemã estarão na unidade para embalar a Cantata de Natal. O evento, que é aberto a pacientes, colaboradores e público em geral, acontece no hall de entrada do HMJ e busca celebrar o real sentido da data.

05 JUN 18

HMJ no XIX Congresso Sul-Brasileiro de Obstetrícia e Ginecologia

Aconteceu entre os dias 31 de Maio e 02 de Junho no Centro de Eventos de Florianópolis, o XIX Congresso Sul-Brasileiro de Obstetrícia e Ginecologia. O evento tem como propósito incentivar a pesquisa e a atualização técnico-científica, colocando em debate temas em prol do conhecimento nas práticas da Obstetrícia e Ginecologia, onde reuniu os principais especialistas do Brasil.

 

Foram apresentadas palestras, mesas redondas e trabalhos acadêmicos, além de sessões de discussão de casos clínicos. Representando o Hospital e Maternidade Jaraguá, esteve presente a Drª Caroline P. Miranda, médica residente, que retratou em forma de pôster o relato de dois casos clínicos de alta complexidade, realizados pela equipe de Cirurgia Ginecológica do Dr. Guilherme M. Sapia e Dr. Wagner Horst.

 

Segundo a Drª Caroline, um dos casos já havia passado por múltiplas intervenções cirúrgicas para correção de incontinência urinária, porém sem sucesso. “Foi optado por correção pela técnica de retalho de Martius, alcançando uma boa recuperação e melhor qualidade de vida”, explica. Já a segunda cirurgia apresentada foi realizada em um paciente já operado em outra instituição. “Apresentava quadro de laceração da parede vesical e de hemorragia, que com sucesso foi corrigida, melhorando a condição de saúde do paciente e a resolução da incontinência”, revela.

HMJ na mídia
23 MAI 18

Banco de Leite do Hospital Jaraguá é exemplo de envolvimento da comunidade

A amamentação oferece inúmeros benefícios para mamães e bebês. Além de alimentar a criança, ela cria importantes laços de afeto. Mas, por diversos motivos, nem todas as mães podem garantir que ela ocorra na maneira convencional. Em alguns casos, isso só é possível graças ao envolvimento de doadoras e ao trabalho de equipes de Banco de Leite Humano.

 

No Hospital e Maternidade Jaraguá, por exemplo, a iniciativa deu tão certo que, pelo quinto ano consecutivo, o espaço recebeu o credenciamento pela Rede Global de Bancos de Leite Humano na categoria A. “Esse reconhecimento significa que atendemos todas as normas e regulamentações e dá garantia de que o leite tem total qualidade”, enfatiza a coordenadora, Adriana Souza.

 

Com cerca de 20 a 30 doadoras efetivas, o BLH consegue coletar de 40 a 80 litros de leite todos os meses. Assim, é possível garantir alimento de qualidade para os bebês internados na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), UCI (Unidade de Cuidados Intensivos) ou nos setores de pediatria da entidade. Segundo a enfermeira Lilian Boff, são em torno de 40 a 70 receptores mensais, que, neste período, utilizam de 40 a 80 litros.

 

Ela comenta que a preferência é sempre por oferecer o leite captado para o bebê da própria mãe. Mas, em casos específicos, ele também garante sustento a crianças que não podem ser alimentadas por elas, seja por causa da prematuridade ou falta de contato físico e diversas patologias. “Em geral, as doadoras são mães que amamentam seus filhos e ainda sobra leite para doar”, explica a enfermeira.

 

Em funcionamento desde 2007, o BLH funciona diariamente. As doações podem vir de mães de pacientes e também de mulheres que fazem doações externas. Após receber o leite, o hospital se encarrega da pasteurização e direcionamento adequado do material. Para colaborar, as interessadas devem entrar em contato com o HMJ e seguir as orientações da equipe.

HMJ na mídia
11 MAI 18

O Hospital e Maternidade Jaraguá realizou, nesta semana, a 14ª Jornada de Enfermagem.

O Hospital e Maternidade Jaraguá realizou, nesta semana, a 14ª Jornada de Enfermagem. Com o objetivo de promover a capacitação dos profissionais da área, o evento foi pautado na temática ‘Boas práticas da assistência’ e recebeu diversas palestrantes.

O especialista em Educação Profissional, Daniel Ghizoni, abordou a responsabilidade civil no exercício da enfermagem. Já a mestre em Saúde e Meio Ambiente, Rosimeire Batista, tratou sobre as boas práticas na assistência ao parto e nascimento e a psicóloga Zaira Custódio falou a respeito da assistência ao recém-nascido prematuro. A Jornada ainda contou com a participação da enfermeira Nádia de Andrade, que palestrou sobre as boas práticas no ato transfusional.

O evento aconteceu no Centro Empresarial de Jaraguá do Sul.

HMJ na mídia