VOLTAR PARA AS NOTÍCIAS
30 JAN 19

Música erudita encanta pacientes em Jaraguá do Sul

Familiares e pacientes internados no Hospital e Maternidade Jaraguá tiveram um dia diferente, nessa semana. Os sons dos instrumentos clássicos como o violino e outros instrumentos de corda invadiram os quartos e mudaram o dia de quem estava no hospital. São os concertos sociais do Festival de Música de Jaraguá do Sul que acontecem em vários pontos da cidade.

 

O programador de produção, Aldecir Luis da Rosa, levou a filha de três anos para tratar uma infecção e teve uma bela surpresa com as apresentações de um quarteto de cordas. “Estava muito estressado com o problema dela e a música ajudou a relaxar. Foi a minha filha que pediu para ver a apresentação e, quando começou a tocar, ela se acalmou”, conta.

 

O quarteto de cordas formado por músicos da Austrália se apresentou no Pronto Atendimento e no setor de Pediatria. E o reconhecimento veio com os aplausos dos pacientes. A violinista Julieta Marquez, de 28 anos, veio do México para participar do Festival. Ela tocou para as crianças e se emocionou. “Foi muito lindo para mim. Eu dei o meu melhor porque não sei quando elas vão voltar a escutar apresentações musicais. É sempre especial tocar, mas, desta vez, foi diferente, ainda mais melhor. A última peça, eu improvisei para que a apresentação ficasse ainda mais especial para as crianças”, destaca a violinista.

 

O diretor-artístico do Femusc, Alex Klein, acredita que os concertos sociais também são uma oportunidade para que os músicos aprendam mais sobre as pessoas e o significado de pensar no próximo “Os concertos sociais nos ajudam a lembrar que por mais que seja difícil tocar algumas obras de grande compositores, têm pessoas passam por dificuldades ainda piores. E isso nós dá para o músico um pouco de humildade. Quando um músico toca em uma escola, num hospital, numa penitenciária, lar de idosos, faz com que a gente aprenda sobre mais sobre as pessoas”, destaca.

 

Os concertos sociais continuam pela cidade. Nesta quinta-feira as apresentações serão realizadas novamente no Hospital Jaraguá. Já na sexta-feira, a música do Femusc chega para os idosos do Lar das Flores.

06 DEZ 18

Música e emoção embalam encerramento do Hospital Jaraguá

O Hospital e Maternidade Jaraguá encerrou o ano incentivando o reconhecimento do real espírito natalino. Durante a Cantata de Natal, funcionários, autoridades, parceiros, pacientes e voluntários se emocionaram ao som de canções natalinas apresentadas pela Orquestra Instituto Federal de Santa Catarina e o Coral Fundação Cultural Alemã, na noite da última quarta-feira, 5.

 

O diretor-executivo Sérgio Luís Alves considerou o momento como a união da família HMJ. “Como somos um hospital materno-infantil, acreditamos que todos os dias nasce um menino Jesus aqui dentro. Assim, mantemos sempre viva a esperança de que algo bom vai acontecer”, comentou. Ele ainda aproveitou para expressar gratidão à comunidade. “Desejamos que todos tenham um excelente Natal e um 2019 melhor e cheio de paz”, finalizou.

 

Na oportunidade, o capelão do HMJ e pastor da Igreja Evangélica Luterana, Ivanildo Laube, realizou uma cerimônia ecumênica e convidou o público a refletir sobre o nascimento de Jesus. “Parece que, nessa época, as pessoas ficam mais sensíveis, mais dispostas, mais sonhadoras. Há uma expectativa e um olhar diferente, um desejo de fazer coisas boas”, lembrou.

 

Quem fez questão de participar do evento foi a aposentada Maria Malheiro. Com 71 anos, ela se emocionou e cantou junto as tradicionais canções natalinas. “É tão bom termos saúde para participar e ouvir músicas que nos fazem lembrar do verdadeiro sentido do Natal e que mexem com o coração da gente”, enfatizou.

 

Ao final do evento, todos os presentes se posicionaram na escadaria do hall de entrada do HMJ em um momento de congraçamento. Eles cantaram juntos com a orquestra e o coral, fechando, assim, mais uma edição da Cantata de Natal da unidade.

HMJ na mídia
04 DEZ 18

Prestigie a Cantata de Natal do Hospital e Maternidade Jaraguá

Todo o encanto do Natal vai tomar conta do Hospital e Maternidade Jaraguá, na próxima quarta-feira, dia 5. A partir das 19h, a Orquestra Instituto Federal de Santa Catarina e o Coral Fundação Cultural Alemã estarão na unidade para embalar a Cantata de Natal. O evento, que é aberto a pacientes, colaboradores e público em geral, acontece no hall de entrada do HMJ e busca celebrar o real sentido da data.

HMJ na mídia
26 NOV 18

Caminhada do Prematuro reúne cerca de 260 pessoas

A iniciativa, organizada em lembrança ao Dia Mundial da Prematuridade, envolveu cerca de 260 pessoas, que caminharam do HMJ até a Praça Ângelo Piazera chamando a atenção para a importância do tema.

 

Alegria, união, força, amor. Esses sentimentos estiveram presentes na Caminhada do Prematuro, realizada no último fim de semana, em Jaraguá do Sul, emocionando não só os participantes, mas todos que se depararam com a ação realizada pelo Hospital e Maternidade Jaraguá.

 

A iniciativa, organizada em lembrança ao Dia Mundial da Prematuridade, envolveu cerca de 260 pessoas, que caminharam do HMJ até a Praça Ângelo Piazera chamando a atenção para a importância do tema. No Brasil, cerca de 11% de todos os partos realizados são prematuros.

 

Geralmente traumático para mamães e papais, o nascimento antes das 37 semanas de gestação pode gerar danos irreversíveis à saúde da criança. Por isso, apesar de ser possível de ocorrer em qualquer gestante, ela deve ser evitada com cuidados que incluem os exames pré-natais, o controle de infecções e o combate à obesidade.

 

A caminhada do HMJ teve como objetivo enfatizar a necessidade da prevenção e, além disso, comemorar a superação das dificuldades ocasionadas pela prematuridade. A ação contou com a participação de pais, crianças, familiares e profissionais da unidade.

 

HMJ na mídia