02 JAN 21

Jorge Otávio é o primeiro bebê a nascer em Jaraguá do Sul em 2021

O ano de 2020 foi pesado e muita gente quer esquecê-lo. Por isso, a virada de ano estava sendo aguardada com ansiedade, pela mensagem de esperança trazida. E alguém bem pequenininho não quis esperar mais e veio ao mundo antes da hora.

 

O pequeno Jorge Otávio Feldman é o primeio bebê nascido em 2021 em Jaraguá do Sul. Ele chegou às 8h30 de 1º de janeiro, de parto cesárea.

 

Com 3,330 quilos, Jorge é o primeiro filho do casal Carol Sthefany dos Santos da Silva e Jorge Alexsandro Feldmann, de Guaramirim.

 

O pai conta que a cesárea, com o médico obstetra Luis Fernando Rodrigues, estava marcada para o dia 4 de janeiro, próxima segunda-feira.

 

Mas por volta das 2h da manhã do primeiro dia do ano a bolsa de Carol estorou e o casal precisou ir à maternidade, no Hospital e Maternidade Jaraguá.

 

"Muitos de nossos amigos e familiares, e nós mesmos, parece que já esperávamos isso! Devido à virada da lua no dia 31 de dezembro. Não sabemos o motivo, mas foi só passar a virada de ano e o Jorge resolveu se antecipar", conta o mais novo papai.

 

Pais de primeira viagem, Feldmann conta que a pandemia do coronavírus trouxe muitos aprendizados ao casal.

 

"Nos trouxe uma nova forma de viver e de se relacionar com as pessoas. E a gravidez foi algo bastante inesperado, porém, nos deixou bastante felizes quando recebemos a confirmação", relata.

 

Viver a gravidez durante a pandemia foi desafiador para o casal, que gosta muito de sair e receber amigos em casa o tempo todo.

 

"Mas foi algo incrível que nos proporcionou uma grande evolução como seres humanos, algo que com certeza continuará agora com nosso filho entre nós", diz.

 

O novo ano começa com muitas mudanças na vida de Jorge e Carol, trazendo uma nova rotina, mas que com certeza também traz muito amor e aprendizados.

HMJ na mídia
20 MAR 20

Carta inspiradora de equipe do Hospital Jaraguá é dedicada a profissionais da saúde

Em meio à pandemia do coronavírus, os profissionais de saúde também sentem o cansaço físico, mental e emocional que crises como essa causam.

 

Pensando neles, a psicóloga Marciana Maria Galdino da Silva, que faz parte da equipe do Hospital e Maternidade Jaraguá, escreveu uma carta inspiradora aos profissionais da entidade e também dedicada a todos, que são ainda mais requisitados nestes momentos.

 

Leia a carta na íntegra:

 

"O que dizer quando a sua dor é a mesma que a minha?

 

Diante deste atual cenário, nós profissionais da área da saúde também sentimos insegurança e medo, este estado de alerta constante e a readaptação a cada informação nos cansa mentalmente e fisicamente, por isso é necessário alguns cuidados.

 

Vamos lembrar-nos de fortalecer a nossa imunidade, nutrir nosso organismo e quando possível descansar o nosso corpo e a nossa mente, mantendo pensamentos elevados, positivos e seguindo as orientações dos profissionais da saúde.

 

Vamos focar na saúde e tratar a doença!

 

É importante despertar a nossa Humanidade. Mantendo a compaixão uns com os outros, cultivando a gentileza, buscando em nós mesmos e na nossa equipe a nossa fonte de motivação.

 

Sentimos falta do toque nas mãos e do abraço dos nossos colegas de profissão, somos um povo caloroso. Esta distância necessária está nos mostrando um pouco mais da nossa essência humana, percebemos o quanto esta distância nos aproxima, o quanto nos importamos, o quanto nos faz falta aquele abraço corriqueiro.

 

Somos pessoas de Fé e de coragem e temos a consciência da responsabilidade que assumimos ao escolhermos a área da saúde para trabalhar.

 

Convido-lhe a pensar: O que você vai fazer depois que tudo isso passar, já tem planos? Algum sonho que ficou lá trás que gostaria de resgatar? Convido-o a focar neste objetivo para se encorajar, mantendo o foco no presente que é Salvar Vidas!

 

Tudo isso vai passar e juntos vamos passar por tudo isso, depois disso não seremos mais os mesmos, algo em nós mudou, nos fortalecemos e seguimos gratos!"

HMJ na mídia